sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Barco da Fé


De pé, com eles firmes na areia, perante uma turba, dizia o Arcebispo da Fé:
- I have a dream.
- Eu também Arcebispo, mas não posso dizer alto, estão aqui menores. disse uma voz entusiasmada.
-Está bem, está bem. Mas daqueles sonhos que podemos contar, vou dizer um deles. Como sabeis, a Taberna das Cruzes já é pequena para tanta gente que lá vai. Queria ser o dono daquele barco - disse o Arcebispo da Fé, virando-se para o mar e apontando na direcção da embarcação - e ir pelos mares fora prestar auxilio espiritual.
- Mas Arcebispo, quer fazer isso num barco a remos??!! - disse espantado, um pobre de espírito.
- Irmão, limpe os óculos e olhe lá para o fundo.
Enquanto estava a proferir estas sábias palavras, ouviu-se uma voz firme, vinda do meio da multidão.
- Não se preocupe, Arcebispo. Dentro de 10 minutos o transatlântico barco será seu.
- Meu?! - murmurou o Arcebispo. Mas como Capitão Gancho?

Yashica Mat 124G
Kodak Tri-X 400
f/16
1/500 s
Ao lado do Castelo do Queijo, 13-09-2014 

12 comentários:

  1. Mas que raio de história é esta?
    Como é que o Capitão Gancho entra na história?
    Como é que a história termina assim, sem fim?
    Como é que o Arcebispo da Fé, aceita que alguém tenha pensamentos pecaminosos e fica-se somente por um "Está bem, está bem."?
    Como é que o Arcebispo da Fé, que devia ser um homem casto, modesto e simples, quer ter um navio de cruzeiros? Será tem as mesmas ideias das do bispo Franz-Peter Tebartz-van Elst?
    É uma história muito mal contada. Essa é que é essa.

    Perante isto, acho que é melhor invocar um sínodo, para eleger um novo Arcebispo da Fé.
    Quem estiver a favor, que coloque a mão direita no ar. Quem estiver contra, coloque o pé esquerdo no ar, cruzado com a mão direita a formar um ângulo de 90 gruas, e com a língua toque no cotovelo esquerdo.
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá por ter sido um capitão mau para o Peter Pan, pode estar arrependido e agora estar numa cruzada para se redimir.
      Às vezes aparecem situações em que o mau que tentamos combater, dá jeito para resolver problemas.

      Eliminar
  2. Então nesse sábado passeou-se por aqui !...

    Em Setembro assisti à chegada !
    Curiosa coincidência...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então é mais uma coincidência das nossas vidas.

      Eliminar
  3. Se fosse com o Capitão Iglo... sempre marchava o barco, mais uns Douradinhos...
    Espero que a história tenha próximos capítulos... senão... que raio de história é esta, que começa, e não tem meio, nem fim?
    Ainda assim preferia outro capitão, e outro barco...
    Eu trocava o transatlântico, pelo Pérola Negra, do Capitão Jack Sparrow... viajar num barco assim, é que é outra emoção... e dá outra motivação, para prestar auxilio espiritual... até porque a tripulação deste barco, costuma ser muito espiritual...
    Excelentes imagens por aqui, já tou a ver... vou ficar é a aguardar a continuação da história...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Ana acha que o Capitão Iglo era capaz de arranjar um barco? Ele só sabe dar ordens e lambusar-se de douradinhos. Quero ver quando ele fizer análises, vai rebentar com os valores do colestrol.
      Continuação da história, não sei se vai haver, mas está garantido que o Arcebispo da Fé vai aparecer para novas evangelizações.

      Eliminar
  4. Ia já dentro desse barco e nem precisava saber o destino - férias são férias e num cruzeiro não é nada mau ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te esqueças que naquele cruzeiro todos os dias havia a hora da oração.

      Eliminar
  5. se esse arcebispo necessitar de tripulação e for para sul (para zonas mais quentes) eu alinho para "ir pelos mares fora prestar auxilio espiritual"! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre bom saber que há voluntarios para estas missões, mesmo que sejam "voluntários" para banhos de sol.

      Eliminar
  6. Pois...tenho que vir aqui muitas vezes para ver se percebo a história, tudo o que seja letras e palavras, frases e histórias, é comigo:)
    Junto-me à Kaipi e ao Paulo para fazer a viagem no cruzeiro.
    A fotografia está linda, bem ao meu gosto.
    1 bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma missionária, a este ritmo ainda vamos ter de arranjar outro barco.

      Eliminar